terça-feira, 12 de junho de 2007

O quarto elemento: o jeepinho!

Um herói ao longo de muitos milhares de quilómetros. Nunca nos deixou ficar mal - e nem quero imaginar o que teria sido uma avaria nas paragens longínquas por onde andámos. Desconfio que já não se fazem carros assim... O Carlos ainda o tem, foi nele que vieram buscar-me para jantar ainda há pouco tempo. Uma homenagem merecida, não acham?

Gorges du Todra

Estrada de Tantattouchte

Estrada de Bouârfa - Figuig. Tempestade de areia.

Estrada de Figuig - Bouârfa

Imilchil

Picada de Agoudal - Boumalne du Dadès

Tilmi

Planalto de Pekkan

Alto Atlas. Mais uma tempestade violentíssima.

Rota do Erg Chebbi

Tantatouchtte. Vestígio da terrível praga de gafanhotos do mês anterior

Uma já apetecida banhoca. Gorges du Dadès

Tarfaya. Mais um rombo no saco azul...

Região dos Lagos. Acabaríamos a viagem com o tablier carregado de plantas, lembram-se?

Rota de Agoudal. Nessa noite a temperatura desceu a - 1ºC


Vallée du Dadès

Ait Boukha e o nharro que nos levava a ver o chefe da caravana.
Não vimos o chefe da caravana e o nharro ia-se despegando...

Rota de Layoune

Cap Juby. Ao som dos Mamas & Papas

Ufa! O jeepinho foi muito mais fotografado do que nós!

Zé, obrigada pelas suas meticulosas anotações sobre o local de cada uma: um trabalho exemplar! ESpero que tenhas feito o mesmo, Carlos...

Só uma pergunta: que raio de azul é o do céu nalgumas fotografias?!

5 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Grandes fotos e Grande Jeep!
A música serve de excelente acompanhamento!
Imagino as suas lembranças!

CAP CRÉUS disse...

Música muito agradável e que desperta a saudade de momentos, de pessoas..

caditonuno disse...

grandes fotografias, jipe de guerra, muitas e muitas recordaçoes!

Indiana Alves disse...

E j� l� v�o 15 anos desde que passou o milh�o de quil�metros - temos a fotografia, fica prometida!

Teresa disse...

Mas que diabo tem o seu teclado?!